Medição da condutividade

A medição da condutividade de uma solução aquosa é um método para determinar a quantidade de nutrientes, sais e impurezas. Os padrões de condutividade são cruciais para calibrar o seu condutivímetro. Existem diferentes padrões em frascos ou em práticas saquetas para garantir uma solução ‘fresca' sempre que calibrar.

Categorias do produto

Padrões de condutividade em práticas saquetas

Novos padrões de condutividade em saquetas para a análise de amostras ou calibração de células de condutividade.

Padrões de condutividade em frascos

Uma gama muito ampla com concentrações diferentes de 15 a 100 000 microSiemens/cm para a análise de amostras ou calibração de células de condutividade. Produzido por fornecedor em conformidade com a norma ISO 17025 e Guia 34

Perguntas frequentes

Não tem de misturar ou medir nada: basta abrir uma saqueta e a sua solução está "pronta a usar". As nossas saquetas são perfeitas para o campo e para o laboratório, uma vez que não requer material de vidro ou dispositivos de medição extra, e nem há necessidade de lavar nada. Estas saquetas de dose única garantem que tem sempre a quantidade de solução certa, impedindo a contaminação cruzada das suas amostras.

  • Tamanho de bolso
  • Frescura selada
  • Fiáveis, precisos e fáceis de usar
  • Rastreabilidade de acordo com o NIST
  • Cada embalagem inclui certificados de análise específicos do lote
  • Incerteza de medição
  • Valores de pH a diferentes T°
  • Prazo de validade
  • Rastreabilidade de acordo com o NIST

Depende da solução que está a medir. O efeito da temperatura é maior em soluções de baixa condutividade (ou força iónica baixa). Na maior parte dos casos, haverá um aumento de 2% por °C para a maioria das soluções aquosas. No entanto, os orgânicos têm curvas de temperatura muito diferentes.

Sais, minerais e gases dissolvidos contribuem para a condutividade, o que quer dizer que a condutividade indica a quantidade de materiais dissolvidos numa solução. TDS pode fornecer uma medição bastante precisa comparativamente com o estado de uma única fonte (tal como NaCl). Porém, comparando com dois tipos diferentes de soluções, pode ser propenso a erros. Calibre o medidor, usando os mesmos materiais dissolvidos que estão na solução de teste.

A sonda é a mesma para ambas, mas um medidor de salinidade tem um fator de correção aplicado à leitura. O fator de correção recolhe a leitura da condutividade e converte-a para ppm de um sal específico (que varia em função do fabricante).

Não. A constante da célula pode ser diferente e as configurações de pinos são normalmente diferentes. O tipo de termístor usado para compensação da temperatura é também diferente.

Use uma solução padrão na gama de amostras que está a testar para calibrar a sonda. Coloque a sonda na solução padrão, acondicione e lave a sonda numa segunda amostra da solução padrão. De seguida, use uma terceira amostra de solução padrão para calibrar e ajustar a constante da célula até ser apresentado o valor especificado. Volte a calibrar quando mudar as gamas ou se as leituras parecerem imprecisas.

Literatura