Segurança química no laboratório

Quando se trabalha com produtos químicos, principalmente os mais perigosos, a segurança é primordial. O equipamento de proteção individual adequado é, naturalmente, obrigatório, mas existem outras opções a ponderar que ajudam a manter o laboratório seguro:

  • Manuseamento de produtos químicos – escolher produtos em recipientes seguros e fáceis de manusear pode fazer toda a diferença
  • Proteção contra quebras e derrames acidentais através de absorventes apropriados
  • Evitar riscos desnecessários com alternativas, aos produtos químicos, mais seguras e monitorização de resíduos nocivos
  • Proteção das bancadas e dispensação mais segura
  • Armazenamento adequado dos produtos químicos, incluindo a rotulagem dos perigos

Nesta página além de algumas perguntas frequentes (FAQ's) incluímos também informações adicionais sobre os regulamentos REACH e CRE. Poderá ainda efetuar o download das diretrizes gerais de segurança e de um guia técnico, além das hiperligações para a pesquisa no nosso website dos MSDS e para o seletor de literatura de produto.

Faça o teste CLP

Watch the "Understanding chemicals to create a safer lab" webinar:

Registration

Embalagens mais seguras

Solventes e ácidos em embalagens de plástico

Os ácidos e solventes AnalaR NORMAPUR® em embalagens de plástico são seguros, praticamente inquebráveis, ecológicos, leves e fáceis de manusear.

Frascos de vidro revestido para ácidos

Os frascos Safebreak destinam-se especificamente a ácidos. O revestimento em PE contém o ácido se o vidro se quebrar.

Recipientes de alumínio para solventes para HPLC

Os recipientes de alumínio asseguram a elevada pureza do solvente, ao mesmo tempo que são inquebráveis, leves e fáceis de manusear.

Porta-frascos de segurança

Porta-frascos de segurança coloridos e práticos para o transporte de ácidos, substâncias alcalinas e solventes.

Produtos químicos seguros

Sílica géis

Apesar de as sílica géis serem exsicante seguros, os indicadores de humidade mais antigos nelas incluídas não o são.

Detergentes biodegradáveis

Os detergentes concentrados LABWASH® Premium contêm ingredientes biodegradáveis de elevada atividade e consumo reduzido. Mude para LABWASH® e obtenha uma limpeza excelente, mais suave para si e para o meio ambiente.

Solventes ecológicos

A síntese orgânica pode envolver substâncias tóxicas e cancerígenas. Com VWR Chemicals tem alternativas de solventes mais ecológicos: metil-2 tetrahidrofurano, 1,3 dioxolano, éter metil ciclopentílico e 1,3 propanodiol, que podem reduzir a exposição.

Solventes anidros

Uma gama completa de solventes de elevada pureza com níveis de água extremamente baixos, especificamente fabricados para aplicações orgânicas e biotecnológicas sensíveis à humidade.

Tiras de teste de determinação de peróxidos

Estas tiras são utilizadas para identificar rapidamente os peróxidos inorgânicos em soluções aquosas e solventes orgânicos.

Tiras de determinação de ácido peracético

As tiras de teste de determinação de ácido peracético são utilizadas para identificar qualquer traço de ácido peracético após a desinfeção.

Produtos e serviços para a sua segurança

Absorventes de derrames

Para conter rápida e eficientemente quaisquer derrames ou quebras que ocorram, tenha disponíveis os absorventes de derrames adequados.

Rótulos de segurança

Os rótulos de segurança são úteis quando cria uma mistura ou transporta amostras. Cumprem os regulamentos GHS (Sistema Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Substâncias Químicas) para substâncias e misturas químicas.

Protetores de bancada

Os protetores de bancada funcionam como uma barreira de bancada essencial contra derrames corrosivos, amostras quentes ou vibrações do equipamento.

Perguntas frequentes

ÁCIDOS

1. Quais são as substâncias incompatíveis com o seu ácido?

  • Ácido acético é incompatível com o óxido de crómio (IV), ácido nítrico, álcoois, etilenoglicol, ácido perclórico, peróxidos e permanganatos
  • Ácido nítrico é incompatível com o ácido acético, anilina, óxido de crómio (IV), ácido cianídrico, sulfureto de hidrogénio, líquidos inflamáveis e gases
  • Ácido oxálico é incompatível com prata e mercúrio
  • Ácido perclórico é incompatível com o anidrido acético, bismuto e liga de bismuto, álcoois, papel e madeira
  • Ácido sulfúrico é incompatível com o clorato de potássio, perclorato de potássio e permanganato de potássio

2. Posso utilizar o ácido cítrico GPR RECTAPUR® (refª 20273*) para descalcificar máquinas de café?

SIM! Para descalcificar uma máquina de café, dissolva a máxima quantidade possível de ácido cristalino em água morna (40 a 50 °C). Depois de deixar arrefecer a solução, decante-a, eliminando qualquer sedimento não dissolvido, e verta a solução na máquina de café. Após a descalcificação, lave a máquina uma ou duas vezes com água corrente. Para ter a certeza absoluta de que todo o ácido cítrico foi removido, verifique a água com uma tira de pH.


3. De que forma posso trabalhar em segurança com o ácido fluorídrico NORMATOM® (refª 83873* ou 85029*)?

Encontram-se disponíveis várias opções para garantir segurança especial no armazenamento e dispensação de ácido fluorídrico:

  • Frascos de paredes extra espessas 
  • Tampas de segurança e vedantes especialmente concebidas para o efeito
  • Dispensador especial, capaz de fornecer a quantidade precisa de ácido de que necessita, garantindo que a última gota regressa, em segurança, ao frasco

4. Como gerir riscos de explosão derivados do ácido perclórico a 70% AnalaR® NORMAPUR® ACS (refª 20589*)?

O ácido perclórico altamente concentrado é extremamente corrosivo, mas não é explosivo. A uma pressão normal, pode ser aquecido até à ebulição com uma chama livre. No entanto, se houver o mínimo de vestígios de impureza orgânica ou se entrar em contato com uma substância orgânica, o ácido perclórico poderá explodir sendo, portanto, necessário um armazenamento e manuseio cuidadosos para evitar a contaminação.


5. Por que motivo a VWR Chemicals fornece ácido nítrico concentrado num frasco de plástico com um prazo de validade curto, de 2 anos?

Durante esse tempo, o ácido nítrico concentrado ataca o plástico, o que acabaria por tornar o frasco de plástico quebradiço.


6. Como posso trabalhar em segurança com o ácido fórmico a 100% altamente concentrado AnalaR® NORMAPUR® (refª 20318*)?

O ácido fórmico altamente concentrado decompõe-se lentamente em monóxido de carbono e água. A formação de gás aumenta a pressão no frasco, o que pode provocar uma explosão. A reação de decomposição acelera a temperaturas baixas, nomeadamente a 30 °C. Desta forma, fornecemos ácido fórmico em frascos com tampas roscadas especiais.


7. Por que motivo a VWR Chemicals fornece ácido nítrico a 99% (refª 85851*, 85850*) com embalagens e tampas especiais?

O ácido nítrico fumegante emite gases castanho-avermelhados, devido à ação da luz e do calor. Esses gases causam a subida da pressão no interior do recipiente e, em certas circunstâncias, podem causar a explosão do mesmo. As tampas e embalagens especiais da VWR Chemicals evitam estes problemas de segurança.


EMBALAGENS

8. Quais são as vantagens e desvantagens dos frascos de vidro e de plástico de polietileno de alta densidade (HDPE)?

Além do aumento de segurança com o HDPE, estes frascos  de plástico são úteis quando utiliza um número elevado de ácidos e/ou está ciente dos custos de aquisição. Os frascos de HDPE de elevada qualidade garantem a compatibilidade com o nosso grau analítico de elevada pureza (Analar NORMAPUR) e o pack é mais barato e muito mais leve do que os frascos de vidro. 


9. O que é o EMBASAFE?

Esta embalagem especial revestida em PE oferece uma proteção máxima em caso de quebra de vidro, uma vez que contém qualquer quebra, resolvendo mais facilmente a situação. O vidro é, obviamente, totalmente compatível com o nosso grau analítico de elevada pureza (Analar® Normapur®) e pode ser reciclado da mesma forma que um frasco de vidro.


10. Qual é o período de armazenamento das substâncias em frascos de PE?

Solventes: 5 anos
Ácidos: 2 anos


RÓTULOS E REGULAMENTO CRE (CLP)

11. Quais são as dimensões mínimas dos rótulos para rotular as misturas ou amostras?


12. Como ler um rótulo da VWR?

Os novos rótulos multilingues foram concebidos para o ajudar a encontrar a informação de que precisa, de forma fácil e rápida. Estes incluem sempre um prazo de validade para o produto não aberto e armazenado corretamente e, normalmente, um espaço para registo da data de receção e/ou da data em que a embalagem foi aberta pela primeira vez.

Os novos rótulos também estão em conformidade com os requisitos CRE. A especificação garantida do produto é incluída no rótulo, se o espaço o permitir. Caso contrário, as especificações atuais da VWR estarão disponíveis no site vwr.com.


13. Como manusear produtos químicos de forma segura?

Antes de manusear produtos químicos perigosos, consulte a ficha de segurança e, em seguida, efetue uma avaliação do risco.

Ler mais